terça-feira, 29 de março de 2011

Lá se foi o José Alencar

Hoje morreu o guerreiro José  Alencar. Guerreiro por sua luta incessante contra esse maldito câncer. Lutou tanto e mesmo assim sucumbiu... Imagino quantas pessoas diante dessa morte ficaram desanimadas. Afinal o homem tinha grana e não conseguiu se salvar, imagina meros "mortais" como nós?!  Fiquei muito triste com a sua morte, triste por ele e por tdos aqueles que se encheram de esperanças, quando ele em público disse que o câncer não o mataria. Ninguém merece carregar essa doença. Ninguém merece morrer dessa doença. Tinha muito medo de dizer CÂNCER. Achava que não falando esse palavrão ele nunca bateria à minha porta. Até o dia que minha querida sogra adoeceu. Daí percebi que ninguém tá imune a ela. Descobri tb a utilidade de se ter fé(esse é apenas meu pensamento). O principal motivo de ter fé é isso: usá-la quando mais precisamos. Minha sogra teve fé até no fim. Não sei se teria tanta fé assim. Acho que ela era especial, a fé inabalável que ela sempre falou que tinha foi posto em prova no dia do seu diagnóstico. A lição que tirei disso foi agradecer todos os dias da minha vida por acordar, estar em plena saúde(apesar das gordurinhas a mais rsrsrsr...), poder beijar a minha filha saudável e seguir minha rotina de sempre. Isso é que vale a pena, pois isso, dinheiro nenhum compra. Viver intensamente(parece clichê, mas é a pura verdade...)

Um comentário:

  1. Só quem já viu essa doença de perto é que sabe como é, então devemos viver intensamente o hoje!!!!!!!

    ResponderExcluir